Welcome To EMIGRANT SQUARE

A Emigração e os Emigrantes fazem parte da Ribeira Grande desde sempre.

Atento a este fenómeno, o Município quer viver de braço dado com todos os que partiram, por opção ou por necessidade, mas não se esquecem da terra natal.

Acolhemos a sede da AEA-Associação dos Emigrantes Açorianos, uma ponte entre a Diáspora e a terra-mãe.

Já tínhamos erguido o Museu da Emigração Açoriana, um espaço de memória, história e cultura da nossa Diáspora.

Criámos o Gabinete de Apoio ao Emigrante para todos os que pretendem investir no concelho e precisam de encontrar uma porta de entrada.

Estamos na linha da frente, mas faltava uma homenagem em grande a todos os Emigrantes.

Chega com esta imponente Praça do Emigrante, um espaço amplo, onde queremos que todos sintam o orgulho e o carinho que temos pelos nossos Emigrantes.

O centro da Praça do Emigrante é ocupado pela peça de arte pública Saudades da Terra, a mesma expressão que Gaspar Frutuoso – o nosso primeiro Emigrante ilustre, filho da Ilha de São Miguel e vigário da então vila da Ribeira Grande – utilizou no século XVI, para resumir um sentimento maior, comum aos Emigrantes.

A obra é dedicada a todos os Ribeira-grandenses e Açorianos que, ao longo destes séculos, sentiram saudades da terra.

ALEXANDRE BRANCO GAUDÊNCIO

Presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande